Berlim · Pensamentos

Uma grande amiga

Ela estava lá no meu primeiro verão nesse apartamento. Cheia de vida, assim como eu. A árvore no terreno vizinho era a minha companheira de varanda. Ela sempre tocava a música dos pássaros para me alegrar.

Então veio um pesado inverno, que roubou suas folhas e nunca mais as devolveu. A árvore não floresceu quando chegou novamente o verão. E toda a vida ao seu redor começou a mudar. Inclusive a minha.

No meu último verão aqui, seu tronco sem vida foi cortado, numa tentativa de apagar sua história. Mas eu nunca vou me esquecer da minha grande amiga, pois sou grata pelos bons momentos que vivemos juntas.

Mari.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s