Pensamentos

Diário de um pedestre

Faixa-de-pedestre-RJ-PB

Para todos os motoristas que sempre tentam me atropelar na faixa de pedestres, mesmo com o farol de carros vermelho, e o de pedestres verde… O MUNDO DÁ VOLTAS! Viu? 😉

Hoje uma madame perdeu a lanterna traseira numa batida provocada “POR MIM”. Hahaha!

A assassina estava parara no farol, mas do nada resolveu acelerar seu sedan preto sobre a faixa de pedestres e SÓ DEPOIS percebeu que tinha alguém atravessando = EU!

Levei um susto do cão! Mais um de muitos… pois ninguém respeita aquela faixa de pedestres que eu atravesso todo dia! Mas “quem ri por último, ri melhor”. E hoje eu gargalhei.

Quando a madame acelerou, o carro atrás dela decidiu fazer o mesmo. Mas quando a queridona percebeu a merda que estava fazendo e brecou em cima de mim, o carro atrás carimbou a traseira dela!

Hahaha! HAHAHA!!!

Não foi nada de grande impacto, pois estavam todos parados antes de acelerar e bater. Mas mesmo assim me deu um gostinho de vingança…

Eu ri. Mas confesso que foi uma risada vazia. Pois eu só ficarei verdadeiramente feliz quando os motoristas e motociclistas pararem de usar seus veículos como arma.

Quem sabe um dia… enquanto isso vou contar com meu olhar astuto e um pouco de sorte.

Mari.

6 comentários em “Diário de um pedestre

  1. Sei que o tema do posto é sobre estar pedestre, mas tava aqui pensando sobre sua veia biker.

    Ok, pode parecer caretice minha, mas tava refletindo que adotar a bike como meio de transporte em São Paulo é ativismo.

    Nénão?

    E quando digo ativismo, digo no sentido de que você está expondo-se a riscos em uma cidade que não tem tolerância, cultura e infra pra biker.

    Aí tava pensando em dar aquele conselho de covardão; conselho de um covardão que muito te adora: vá de bumba e deixe de heroísmo.

    1. Entendo seu ponto de vista, amigo. E eu realmente achava a mesma coisa antes de começar a viver essa realidade pedestre / ciclista.

      Mas a real é que as pessoas não se respeitam, independente do meio de transporte!

      Então sigo meu caminho a pé ou de bike mesmo, e faço tudo corretamente para garantir o meu espaço e segurança. E posso dizer que funciona! E que a cada dia que passa vejo mais e mais pessoas andando de bike no trânsito. E mais bicicleteiros se tornando ciclistas.

      Nós ainda iremos dominar Sampa, você vai ver… 🙂

  2. Gente, eu achava que isso só acontecia em Heroes…a Mari olhou com raiva pra madame e o carro estancou e pimba!

    Mari, para nosso deleite, diga que o carro dela era um carro bem caro…

    1. Hahaha! Tenho superpoderes! 😀

      Mas não era um carro bem caro. A máquina assassina era um sedan médio, acho que um Fiesta Rocam.

      De toda forma, tomou o troco. Há!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s