Berlim · Pensamentos

Mais um adeus…

Eu tinha um vizinho em Berlim de quem nunca vou me esquecer. Ele era um senhor muito simpático, que adorava crianças e sempre tentava interagir com o Arthur. Ele era meu vizinho de porta, e eu costumava ouvi-lo tocar músicas animadas em algum bongô ou tambor. Ele era do Siri Lanka, mas já vivia ali… Continuar lendo Mais um adeus…

Divórcio

FAQ da minha vida

Os amigos se preocupam e fazem muitas perguntas. E eu nem sempre estou com energia para respondê-las. Pois a cada palavra que eu digo, há o peso de uma vida toda que eu precisei deixar para trás. Então aqui vão algumas respostas pra vocês... Porque você foi morar na Alemanha? Para acompanhar o trabalho do… Continuar lendo FAQ da minha vida

Autismo · Divórcio

Autismo x Divórcio

Para conhecimento e reflexão, quero deixar registrado aqui esse estudo realizado na Universidade do Algarve, em Portugal: Necessidades das Famílias com Crianças com Autismo, Resiliência e Suporte Social, por Maria João Ribeiro de Sousa. Segue trecho do capítulo 1.4 As Necessidades das Famílias com crianças com Autismo Nota: Onde lê-se PEA, no Brasil chamamos de… Continuar lendo Autismo x Divórcio

Divórcio · Pensamentos

18 anos de história e um adeus

Estar lado a lado não significa estar junto. Eu demorei pra entender essa diferença. E agora preciso reunir forças, abraçar minhas bagagens e seguir em frente. Foram 15 anos muito felizes, antes da chegada do autismo e da Alemanha há 3 anos. Nossa história começou em 2002 sem saber que terminaria agora em 2020, bem… Continuar lendo 18 anos de história e um adeus

Pensamentos

Quantas peças tem o meu quebra-cabeça?

Estou tentando me remontar. Mas quantas peças tem o meu quebra-cabeça? Formula 1 e McLaren, fotografia, bicicleta, natação, praia, flores e pássaros, bolo de limão e café, escrita manuscrita, Harry Potter, Doctor Who e Mochileiro das Galáxias, Friends e Community, Green Day e Placebo, o sonho de viajar pra Itália e pra Spa-Francorchamps, vinho tinto… Continuar lendo Quantas peças tem o meu quebra-cabeça?